[CAB] Chacina de Jacarezinho: Terrorismo de Estado!

O caso escancara o terrorismo de Estado que vitima o povo pobre e negro no Rio de Janeiro e em comunidades de todo o país. No ano passado, 5.660 pessoas foram assassinadas pelas polícias no Brasil. No estado do Rio de Janeiro, 25% das mortes violentas em 2020 tiveram autoria policial. Disfarçada de guerra às drogas, a política genocida se trata de uma guerra aos pobres, que vitima a juventude negra e periférica, e mantém a população dessas comunidades sob constante ameaça.

Liberdade imediata para Igo Ngo e Felipinho! Basta de Racismo!

No último final de semana, Igo Ngo e Felipinho foram presos acusados de um roubo que aconteceu na região de Pinheiros. Os dois amigos estavam na região do Largo da Batata comendo yakisoba dos ambulantes que sempre estão por ali, num passeio que sempre costumam fazer. Ao terminarem, voltaram para casa de condução que sai da estação Pinheiros. Já na altura do Campo Limpo, o ônibus foi interceptado pela polícia, que mandou os dois e mais alguns passageiros descerem, e os dois foram presos por supostamente terem as características dos suspeitos indicados pela vítima e testemunhas. Não tiveram sequer direito a serem devidamente ouvidos.